6 Dicas de ouro para economizar em sua próxima viagem!

Viajar é uma daquelas experiências que faz a vida valer a pena. Quem tem o costume de fazer viagens sabe do que estou falando. Agora, viajar com economia  e sem abrir mão do que você gosta é ainda melhor, não é mesmo?

Muita gente acredita que economizar durante uma viagem é sinônimo de cortar custos. Mas isso não é verdade. Seja em uma viagem de final de semana ou um destino de férias, é perfeitamente possível adequar seu orçamento para sua próxima aventura, no Brasil ou no exterior.

Quer saber como? Então confira a seguir 6 dicas de ouro para economizar em sua próxima viagem e fazer seu dinheiro render ainda mais nas férias!

1.      Planeje-se

O planejamento é o primeiro passo para economizar em sua próxima viagem. E ele deve ter início na organização financeira.

Isso porque, com um orçamento mensal organizado e um planejamento do que você deseja conquistar com seu dinheiro, se torna muito mais fácil planejar uma viagem com antecedência e economizar nos custos sem abrir mão de nada.

Imagine, por exemplo, que você decida viajar para o exterior com a sua família e que o custo dessa viagem esteja estimado em R$ 10 mil. A partir desta ideia de custos, você consegue se planejar para economizar R$ 1.000 por mês durante 10 meses para viabilizar estas férias.

Ao longo deste tempo você consegue não apenas juntar o necessário para viajar sem fazer dívidas como também acompanhar preços e aproveitar eventuais oportunidades de economizar – como em promoções de passagem aérea e hotéis, por exemplo.

Dessa forma, será possível ajustar seus planos ao seu orçamento mensal sem entrar em dívidas e comprar um pacote de viagem, um serviço ou até mesmo uma experiência de seu interesse que estiver com preços mais baixos durante este período.

Viu como é simples fazer sua viagem custar menos ou até mesmo fazer dinheiro sobrar para gastar na sua viagem com compras ou outras experiências?

2.      Pesquise

Além do planejamento financeiro, a pesquisa é fundamental para quem deseja viajar com economia e sem estourar o orçamento. Nessa etapa, você deve pesquisar – especialmente nos meios online – preços e oportunidades de economizar na sua viagem.

Você sabia que o mesmo serviço, hospedagem ou passagem aérea pode ter valores diferentes em diversos sites de viagens? Por isso, é fundamental que você faça uma boa pesquisa com base no destino, tempo de viagem e datas previstas antes de fechar seu pacote.

Algumas ferramentas podem ser muito úteis nesta pesquisa e acompanhamento de preços. Você pode, por exemplo, usar o Google Flights para acompanhar as oscilações de preços de passagens aéreas para o destino escolhido.

Também é possível acompanhar as flutuações de preços e eventuais promoções de passagem, hotel e atrações em sites como Expedia, Decolar, Trivago, entre outros. Tenha em mente que os preços mudam com frequência e até mesmo o dia da compra pode influenciar nos custos.

Para economizar ainda mais também vale a pena verificar se o seu cartão de crédito, por exemplo, lhe oferece algum desconto adicional em viagens, hotéis ou passagens aéreas. Além do cartão, até mesmo o seguro do seu carro pode lhe oferecer benefícios para viajar mais barato.

Portanto, não deixe de pesquisar bastante antes de tomar a decisão de comprar sua viagem.

3.      Viaje na baixa temporada

Para quem tem disponibilidade de viajar em qualquer época do ano ou pode escolher a melhor data para viajar, fazer uma viagem na baixa temporada costuma ser uma escolha acertada para economizar com inteligência nas férias.

Isso porque, em períodos de alta temporada no Brasil ou no exterior, os custos com passeio, hospedagem, locomoção e até com alimentação acabam se tornando muito maiores.

Mas é preciso ter atenção: lembre-se que cada local têm um período específico de alta e baixa temporada. Por exemplo, o verão e o período de férias escolares costuma ser alta temporada na maioria dos destinos do Brasil.

Por outro lado, há destinos internacionais que estão em baixa temporada nestas épocas do ano. Portanto, vale a pena identificar estes períodos de custo mais baixo no destino que você pretende conhecer antes de definir as datas de viagem e comprar seu pacote.

4.      Atente-se às atrações gratuitas

Muita gente acredita que as atrações pagas – muitas vezes bastante caras – são as melhores opções de passeio em uma viagem.

É claro que existem atrações imperdíveis que, apesar de custarem mais caro, valem o investimento. Contudo, são muitas as atrações inesquecíveis que podem ser desfrutadas sem custo pelos viajantes.

Por exemplo, se você vai à Nova York, nos Estados Unidos, um dos passeios mais nova-iorquinos é passear pelo Central Park. E esta experiência é 100% gratuita. Você pode aproveitar o passeio por um dos parques mais icônicos do mundo para tirar muitas fotos e ainda experimentar os famosos hot dogs da cidade.

O mesmo exemplo vale para diversas outras cidades ao redor do mundo. São experiências gratuitas que podem fazer a diferença no seu roteiro e no seu planejamento financeiro e ainda deixar lembranças inesquecíveis da sua viagem.

Para aproveitar estas oportunidades não deixe de verificar quais são as principais atrações gratuitas da cidade que você visitará. Se possível, ouça outros viajantes e moradores locais – que podem lhe ajudar a definir um roteiro de viagem completo e barato ou até gratuito pela região.

Ainda, se este for seu tipo de viagem, busque informações de exposições e museus que têm entrada gratuita. Alguns dos maiores museus do mundo oferecem descontos ou entrada grátis aos visitantes em datas específicas.

5.      Considere preparar suas refeições

A alimentação é uma parte bastante custosa de qualquer viagem. Seja no Brasil ou no exterior, comer em restaurantes em todas as refeições pode encarecer – e muito – o custo de qualquer passeio.

Para fugir desta cilada, uma alternativa é considerar preparar suas próprias refeições no quarto de hotel.

Existem inúmeros hotéis, nacionais e internacionais, que oferecem quartos equipados com geladeira, micro-ondas, fogão e utensílios domésticos – que podem ajudar você a gastar menos em sua viagem ao preparar suas próprias refeições.

Desta forma, você só precisa ir a um supermercado e comprar o que precisará para preparar suas próprias refeições e se alimentar adequadamente durante a viagem. Isso não significa, entretanto, que você precisa abrir mão de ter inesquecíveis experiências em bons restaurantes.

Tenha em mente que, dessa maneira, você não está abrindo mão de uma experiência, mas sim transformando o processo de alimentação em duas experiências distintas.

Isso porque, ao fazer um mix entre alimentação em restaurantes e refeições preparadas por você no destino, você conseguirá experimentar o dia a dia do morador local – que prepara suas próprias refeições no cotidiano – e também desfrutar da culinária local sem pesar no seu orçamento.

Você não precisa abrir mão de nada. Apenas alternar as experiências – o que poderá agregar ainda mais à sua viagem!

6.      Não compre por impulso

Finalmente, a sexta dica de ouro para economizar muito em sua próxima viagem é uma das mais importantes – já que ela vale tanto para o período de organização da viagem quanto para o usufruto da viagem em si: não comprar por impulso.

Na ânsia por viajar, muita gente acaba por comprar por impulso pacotes de viagem – o que não é recomendado. Isso porque, sem o devido planejamento e organização, você corre o risco de se endividar e pagar muito mais pela viagem a ser realizada.

Além disso, a compra por impulso não permite que você pesquise outras alternativas – eliminando qualquer possibilidade de economizar na viagem de férias.

O mesmo vale para a viagem em si. Se você compra por impulso durante a viagem pode acabar gastando mais do que o previsto ou até mesmo ficando sem dinheiro para outras experiências previstas em seu roteiro.

O ideal, portanto, é controlar os gastos, seguir seu planejamento e comprar sempre com consciência – antes e durante a viagem. Desta forma, ficará muito mais fácil fazer viagens sem gastar muito e até viajar mais sem jamais atrapalhar o seu bolso!

Agora que você conheceu as 6 dicas de ouro para economizar em sua próxima viagem, que tal compartilhar com a gente suas dicas e experiências para gastar menos durante as viagens? Deixe seu comentário!

Luana Neves

Jornalista e redatora. Possui mais de 10 anos de experiência nas editorias de economia, finanças e investimentos. Já atuou como repórter, colunista e editora de veículos impressos e portais de notícias do Brasil e produziu conteúdo para grandes nomes do mercado financeiro nacional.

One thought on “6 Dicas de ouro para economizar em sua próxima viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *