O que significa ROI? Conheça a taxa de retorno de investimento!

Avaliar o resultado de um investimento e ser capaz de compará-lo é importante para a tomada de decisão de investimento. Nesse sentido, descobrir o que significa ROI pode ajudar na identificação de oportunidades e na composição da sua carteira.

Essa é uma métrica bastante relevante porque demonstra o desempenho relativo de um investimento. Portanto, pode criar um parâmetro que pode auxiliá-lo a escolher as melhores alternativas para investir.

Para esclarecer o assunto, continue a leitura deste conteúdo. Nele, você aprenderá o que é o ROI e como ele pode ajudar em sua tomada de decisão!

O que significa ROI?

Entender o significado de ROI é o primeiro passo para compreender a importância dessa métrica. Desse modo, vale a pena saber que o ROI faz referência a Retorno sobre Investimento ou Return Over Investment.

Ele demonstra qual é o impacto dos ganhos, em relação a um investimento feito. Assim, uma taxa de retorno de investimento maior pode ser um indicador de que determinada alternativa é capaz de gerar mais ganhos.

Para que serve o ROI?

Após saber o significado de ROI, vale entender qual é a sua função. Ele serve, principalmente, como parâmetro para comparar dois ou mais investimentos. Isso é crucial porque ajuda a entender o desempenho em termos de geração de valor, em vez de considerar apenas os números líquidos.

Afinal, pode acontecer de um investimento ter rendimento nominal menor e, ainda assim, apresentar um ROI elevado. Desse modo, é possível ter uma percepção melhor sobre a capacidade de geração de resultados, em vez de se limitar aos valores nominais.

Por que é importante conhecer o ROI?

Um dos principais motivos para compreender o que é o ROI e para considerar o seu uso como indicado é o volume de informações que ele fornece. Como visto, o indicador está ligado à capacidade de um determinado investimento ou iniciativa gerar retorno.

Logo, ele permite entender se uma alternativa tem maior potencial relativo em comparação a outra. Ao fazer essa análise, pode ser que um investimento de R$ 10 mil possa trazer um retorno maior que um aporte de R$ 20 mil, por exemplo.

Assim, ao utilizar essa análise, é possível como priorizar a primeira escolha, em busca de ganhos proporcionalmente maiores. O grande diferencial é que ele não considera apenas o ganho líquido obtido, mas o que ele representa em termos do que foi investido inicialmente.

Por causa dessa questão relativa, o ROI auxilia a aprofundar a análise. Aplicando-o em sua avaliação, você terá uma medida diferente de performance, o que ajuda na tomada de decisão.

Ademais, ele não tem um cálculo ou uso muito complexos. Isso abre espaço para fazer uma análise eficiente de modo mais simples, sem exigir tantos recursos ou etapas complexas.

Como calcular a taxa de retorno sobre o investimento?

Conhecer o cálculo do ROI é importante para ter condições de aplicá-lo em suas análises. A vantagem é que ele é relativamente simples.

Confira a fórmula:

ROI = [(Ganho obtido – Valor investido) / Valor investido] x 100%

Para entender melhor, considere um investimento de renda fixa de R$ 5 mil, que é resgatado a R$ 11 mil. Nesse caso, o ROI será de 120%. Logo, significa que cada R$ 1,00 rendeu mais R$ 1,20, somando R$ 2,20 no momento do resgate.

Por falar nisso, além de saber como calcular o ROI, é necessário entender o que representa cada resultado e como ele deve ser avaliado. Na prática, um ROI maior costuma ser o desejado, já que indica uma capacidade maior de retorno.

Por sua vez, um ROI negativo indica que não só não houve rendimento, como também ocorreram perdas. Já um ROI igual a zero representa que, na prática, os valores se mantiveram, sem que ocorressem ganhos ou perdas.

Como utilizar a taxa na tomada de decisão dos investimentos?

Como você viu até agora, o ROI é importante para comparar o potencial de investimentos e iniciativas, em termos de ganhos obtidos. Por isso, a métrica pode ser utilizada no momento de investir no mercado financeiro.

A principal função do ROI, nesse caso, é embasar a tomada de decisão para a composição de carteira. Considerando que os recursos são limitados, essa é uma forma de identificar as alternativas com maior potencial de ganho e que possam alcançar os objetivos estabelecidos.

Ao utilizar um perfil de risco equivalente, um investimento com ROI maior que o outro pode representar uma oportunidade melhor. Assim, aplicar o indicador permite que você defina melhor as prioridades ao compor o portfólio.

Ele também pode ajudar de forma indireta. Na análise fundamentalista de ações, por exemplo, você pode analisar o ROI de uma companhia para entender se o empreendimento oferece um ativo sólido o bastante. Ainda, é possível comparar empresas semelhantes para ter uma visão mais completa.

Além disso, existe a chance de aprofundar sua avaliação por meio do ROI. É possível usar o retorno líquido, desconsiderando taxas e impostos, para fazer a comparação. Dependendo do caso, o resultado relativo pode ser diferente entre os investimentos, ajudando na definição.

Portanto, você pode avaliar o ROI das opções disponíveis para compor e equilibrar sua carteira de investimentos, especialmente se o retorno for um dos critérios principais para a decisão. Dessa maneira, será possível encontrar os investimentos que se encaixam nas características desejadas.

Quais são as limitações do cálculo?

Apesar de o ROI ser importante, é necessário considerar que ele apresenta algumas limitações. A primeira diz respeito à fonte de retorno. É preciso ser capaz de relacionar todos os resultados afetados apenas pelo valor investido, sem interferência de outros fatores.

Se você for analisar uma empresa com base nessa métrica, deve-se pensar que existem diversos pontos que podem afetar o desempenho do investimento. Além disso, é preciso considerar que o ROI ignora taxas, impostos e o impacto da inflação.

Então, antes de escolher o investimento com maior taxa de retorno, é interessante considerar outros aspectos que interferem na performance final. Também vale analisá-lo junto a outros indicadores, garantindo uma visão mais ampla sobre o investimento.

Com essas informações, você sabe não apenas o que significa ROI, mas como calculá-lo e como usá-lo em sua tomada de decisão. Assim, é possível selecionar investimentos de forma mais consciente e alinhada com os seus objetivos.

Ainda tem dúvidas sobre como usar essa métrica? Aproveite o espaço dos comentários para compartilhar suas dificuldades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *