4 Atitudes para implementar no dia a dia e aprender a economizar dinheiro!

Economizar é a uma das mais essenciais tarefas na hora de construir seu patrimônio. Afinal, seja quais forem seus objetivos de vida, é provável que muitos deles necessitem de dinheiro para serem concretizados, não é mesmo?

Por outro lado, gastar em itens desnecessários e perder o controle do dinheiro são atitudes muito comuns no dia a dia de muita gente. E este hábito não é nada saudável para sua vida financeira.

Pensando em ajudar você a tomar as rédeas da sua vida financeira e alcançar todos os seus sonhos, compartilharemos neste artigo 4 atitudes para implementar no dia a dia e aprender a economizar dinheiro. Continue conosco até o fim e descubra que acumular patrimônio pode ser muito mais simples do que você imagina!

Vamos lá?

1. Calcule o quanto você ganha

A principal regra para quem deseja aprender a economizar é fazer o cálculo de quanto se ganha. Não basta considerar apenas o seu salário, mas toda e qualquer renda que você receba mensalmente. Até mesmo aquele extra que você recebe por alguma tarefa é preciso entrar na conta.

Além disso, é imprescindível saber, na ponta da língua, quanto vale a sua hora de trabalho. Você já parou para pensar nisso? Na hora de fazer compras, visitar lojas online ou mesmo ir mercado, tenha em mente este número. Assim será muito mais fácil tomar decisões de consumo mais acertadas.

Imagine, por exemplo, que um item que lhe chamou atenção necessita de 50 horas de trabalho suas para ser adquirido. Em uma situação como esta, você pode reconsiderar mais facilmente se é mesmo necessário tê-lo, não é mesmo?

Isso ocorre porque, normalmente, damos mais valor ao tempo do que ao dinheiro em si. Afinal, uma determinada quantia financeira, em números, acaba se tornando um conceito abstrato na mente. Mas a quantidade de horas trabalhadas é um conceito mais preciso e, por isso, mais valorizado.

2. Deixe o cartão de crédito em casa

Utilizar o cartão de crédito e parcelar suas compras não é a melhor forma de economizar e de tratar seu dinheiro. Afinal, aumentam as chances de você dar um passo maior que a sua perna e comprar o que você não precisa – e não pode – adquirir no momento.

O cartão de crédito também costuma comprometer o seu fluxo financeiro. Afinal, se você tem muitas parcelas a vencer, seu salário já fica comprometido antes mesmo de cair na sua conta.

Portanto, deixe o uso do cartão de crédito para ocasiões em que realmente ele seja necessário. Por exemplo, fazer compras em um site que só permita o pagamento via cartão – como compra de passagens aéreas ou ingressos para o cinema.

Outra situação é quando há benefícios em utilizar o meio de pagamento, como descontos ou determinadas vantagens. Nestes casos, no entanto, vale a pena manter a cautela e evitar, ainda assim, o parcelamento.

Mas, se resistir ao uso do cartão for muito difícil para você, comece a deixá-lo em casa quando sair cotidianamente. Faça isso até se habituar a ter o controle financeiro necessário para resistir às tentações.

3. Defina seus objetivos

Definir de maneira precisa os seus objetivos em mente é a melhor forma de aprender a economizar dinheiro. Se você tem um sonho ou uma vontade muito grande, mantenha seu foco nisso.

Se o seu desejo é comprar um carro, por exemplo, faça lembretes que o incentive a se concentrar a alcançar esta meta. Vale colar lembretes no seu escritório, anotar na agenda, manter uma foto no computador ou tela do celular. Com as metas sempre á vista ficará muito mais fácil evitar gastar dinheiro com o que não for necessário.

Uma dica é estabelecer seus objetivos e separá-los em curto, médio e longo prazo. Assim, você pode se concentrar em alcançar metas menores – e mais palpáveis – e se habituar a economizar dinheiro e aprender a poupar para os seus sonhos.

Organize-se, planeje-se e siga o plano para alcançar suas metas pessoais.

4. Fuja das tentações

Se para você ainda é difícil evitar a compra por impulso, uma boa maneira de aprender a economizar dinheiro é fugir das tentações. Assim, pode valer a pena implementar no seu cotidiano algumas mudanças sutis.

Por exemplo, se você costuma comprar online com frequência, considere descadastrar seu e-mail de lojas na internet. Assim você não receberá promoções ou sugestões de compra com frequência na sua caixa de correio eletrônico.

Também pode valer a pena evitar visitar outlets e lojas de seu interesse em shoppings centers ou outros centros de compra. Assim, a tentação de comprar algo que não precisa será menor.

Com estas 4 atitudes simples você pode aprender a economizar dinheiro e mudar seu dia a dia. Aos poucos será possível economizar cada vez mais, poupar e até mesmo começar a investir – valorizando o seu dinheiro e fazendo ele trabalhar em prol dos seus sonhos!

Este artigo foi útil para você? Então deixe seu comentário e compartilhe suas dicas conosco!

2 thoughts on “4 Atitudes para implementar no dia a dia e aprender a economizar dinheiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *